O êxito dos outros é o teu êxito.

Não falamos em sentido figurado e não falamos do quanto nos alegramos pelas pessoas da nossa organização por serem felizes a trabalhar e a conseguir bons resultados. Não, falamos...

Não falamos em sentido figurado e não falamos do quanto nos alegramos pelas pessoas da nossa organização por serem felizes a trabalhar e a conseguir bons resultados. Não, falamos um pouco de algo muito mais simples: o êxito das pessoas que estão à nossa volta determina o nosso próprio êxito. E algo igualmente importante, e que talvez não saibas, a maneira como enfrentam tanto o êxito como os seus objetivos também te influenciam.

É mais simples que o espírito de equipa, mas mais complicado que uma simples equação. É a maneira como nós, seremos humanos, nos relacionamos e a complexidade do funcionamento de um grupo de pessoas cujas vidas se entrelaçam num futuro comum.

O conhecido conferencista e treinador de liderança John Maxwell, explica-nos no seu livro “Desenvolve os líderes à sua volta”, a importância de dedicar tempo no desenvolvimento nas capacidades e nos talentos daqueles que nos rodeiam. Sempre soubemos que rodearmo-nos de pessoas positivas e talentosas impulsiona-nos, mas são especialistas como o Maxwell que nos explicam todas as consequências de estarmos rodeados de pessoas competentes e resolvidas, e porque é que vale a pena dedicar tempo e esforço para que sejam mais competentes e resolvidas.

Essa influência funciona em ambos os sentidos. Tu beneficias-te ao ter pessoas competentes na tua equipa, e a tua equipa beneficia-se com a presença de outras pessoas competentes, para além daquilo que tu próprio significas para as suas vidas e carreiras.

Mas manter-te como um líder útil e competente requer selecionar bem as pessoas que te rodeiam, e treina-los, para seres o líder que deves de ser. Inclusive para serem melhores que tu. Segundo as palavras do próprio Maxwell, não hás de querer nunca seguidores, mas sim líderes que se convertam num movimento.

Cria uma cultura de liderança.
Incentiva os membros da tua equipa a sempre quererem crescer mais, a ter voz própria e a saber usá-la. A enfrentarem os conflitos e a desenvolverem uma mentalidade decisiva à prova de qualquer crise. As mesmas aptidões que queres desenvolver em ti são as mesmas aptidões que deves esperar que a tua equipa ambicione e desenvolva.

Deves também parar para pensar de vez enquando como e para que é que estás a treinar essas pessoas. Se estás a usar as estratégias corretas e se serão as pessoas capazes de enfrentar qualquer situação graças à tua ajuda.

A cultura de liderança é também um ambiente em que todas as pessoas têm a mesma possibilidade de crescer tanto ao quanto se proponham a isso, sem que haja nenhuma limitação externa ou imposta por outros membros da equipa. É especialmente importante refletir, segundo aprendemos com Maxwell, sobre a influência que se exerce nas pessoas que estão mais intimamente relacionadas connosco. As que estão mais perto de nós são as que nos afundam ou as que nos impulsionam, por isso o trabalho que fazemos com elas é fundamental.

Em forma de resumo: devemos fazer com que todas as pessoas da nossa equipa adotem uma mentalidade decisiva e dar autonomia suficiente para se converterem em líderes por direito próprio. Devemos dar espaço para esse crescimento e incentivá-los. E rodearmo-nos de pessoas que sejam como nós ou inclusive melhores que nós. Essa é uma das chaves de liderança de êxito mais importantes.


Segue-nos no Facebook se não queres perder as novidades da da equipa, conselhos sobre Network Marketing, ou das últimas novidades dos produtos OneLife. Se queres fazer parte da nossa equipa, pede mais informação aqui: http://www.onedream.team/pt-br/solicitar-informacion/

Categories
Não categorizado
No Comment

Leave a Reply

*

*

RELATED BY